WhatsApp
BMW 320I 2.0 GP TURBO ACTIVE
1 de 7

    R$ 100.900,00

  • Dados do veículo

  • Marca
    BMW
  • Modelo
    320I 2.0 GP TURBO ACTIVE
  • Ano
    2014 / 2015
  • Câmbio
    Automática
  • Portas
    4
  • Combustível
    FLEX
  • Km
    52000
  • Cor
    AZUL
  • Placa
    B**-***9

APROVEITE E SOLICITE SIMULAÇÃO DE FINANCIAMENTO, pelo whtasapp da loja respondemos na hora! (41)99598-6000

AUTOVISION Empresa FAMILIAR, profissionais com 12 ANOS de EXPERIÊNCIA, veículos PRÓPRIOS, REVISADOS, com KM REAL e GARANTIA CONSULTE NOSSO SITE OU VENHA NOS FAZER UMA VISITA SERÁ UM PRAZER ATENDE-LOS!
Sempre garantindo a melhor negociação para nossos clientes!
Estamos LOCALIZADOS na Av. Presidente KENNEDY, 4040 PORTÃO - EM FRENTE AO SHOPPING PALLADIUM.

OBS. TODOS VEICULO PERICIADOS!

FICHA TÉCNICA.
O sedã dá um passo à frente e se torna o primeiro veículo turbo flex do mundo.
O frentista deve ter ficado meio ressabiado. Após abastecer o tanque com etanol, atendendo ao pedido, fechou a tampa e voltou para confirmar se aquele veículo era mesmo movido a álcool. Faz uma década que frentistas colocam etanol em automóveis. Mas em carrão importado, é novidade. O BMW 320i ActiveFlex é o primeiro alemão a adotar a tecnologia. Em dez anos, o sistema se alastrou por praticamente todos os automóveis produzidos no Brasil, e já havia alcançado alguns modelos importados da Argentina, do México e até da China. Só não havia chegado às marcas de maior prestígio, um tabu que agora cai.
De 0 a 100 km/h em 7,2 segundos ? um ano atrás, o 320i a gasolina também esteve por lá e cumpriu a mesma tarefa em 7,9. O ânimo extra também se manifestou nas retomadas de velocidade: de 40 a 80 km/h, por exemplo, baixou o tempo de 4,1 para 3,3 segundos.
moderado no consumo: 8,2 km/l na cidade e 11 km/l na estrada. O 320i ActiveFlex chega sem tanquinho de gasolina para partida a frio. Graças à injeção direta, que aplica combustível na câmara sob alta pressão (até 200 bar), não há necessidade do subtanque nem de aquecimento prévio do etanol. Segundo Luiz Estrozi, gerente técnico da BMW, a injeção sob alta pressão é suficiente para inflamar a mistura, num processo semelhante ao que ocorre em motores a diesel. Um sensor identifica o combustível e repassa a informação à central eletrônica. De acordo com Estrozi, o motor liga mesmo sob temperatura ambiente de -10 °C. O desenvolvimento do sistema (que estreia no 320i, mas deve ser aproveitado em outros modelos da linha) foi feito simultaneamente no Brasil e na Alemanha, pela BMW e Bosch. ?Só por aqui os protótipos rodaram mais de 250 000 km?, diz Estrozi.
Além da injeção direta e do turbo, o motor conta com tecnologias já empregadas pela empresa, caso do Valvetronic (de controle de abertura das válvulas de admissão) e do Vanos, comando variável tanto na admissão como no escape.
DIREÇÃO, FREIO E SUSPENSÃO
Tradição na Série 3, este trio está calibrado para proporcionar prazer ao volante. A direção é direta e comunicativa, a suspensão é firme e estável e os freios não desapontam.
MOTOR E CÂMBIO
A transmissão de oito marchas está bem escalonada e faz trocas rápidas. O motor turbo de injeção direta digeriu muito bem o novo combustível.
SEGURANÇA
Há airbags frontais, laterais e de cabeça. Suspensão e freios transmitem confiança, e os controles de tração e estabilidade fizeram intervenção no momento certo.

R$ 100.900,00

Auto Vision

AV PRES KENNEDY,4040 Agua Verde - Curitiba

(41)3329-4040